Internaticonal

UEFA explica e elogia intervenção do VAR no FC Porto-Roma

A UEFA explicou esta sexta-feira as duas decisões mais polémicas que envolveram o videoárbitro (VAR), no jogo FC Porto-Roma (3-1, após prolongamento), da segunda mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, considerando ambas bem ajuizadas.

Sobre o penálti que deu a vitória e a qualificação aos dragões para os quartos-de-final, convertido pelo brasileiro Alex Telles, aos 117 minutos, o organismo regulador do futebol europeu explicou, em nota publicada no seu site oficial, que foi o VAR a alertar para uma possível falta sobre Fernando Andrade.

Fonte: Record