Noticias

Tribunal decreta prisão para adeptos do NoName Boys


O Tribunal de Ponta Delgada, nos Açores, condenou dois adeptos do Benfica, membros da claque No Name Boys, a quatro anos e seis meses, e três anos, respetivamente, de prisão com pena suspensa.

Na origem das sentenças estiveram desacatos ocorridos num estabelecimento de diversão noturna na noite de 11 para 12 de janeiro de 2019, após um jogo entre Santa Clara e Benfica.

O adepto a quem foi aplicada a pena mais gravosa estava acusado de ter agredido com uma garrafa o dono do referido estabelecimento.

Durante o período das penas suspensas, os dois adeptos ficam proibidos de frequentar recintos desportivos e de se envolverem em atividades relacionadas com claques.

Fonte: maisfutebol

Segue-nos no Facebook

Mais vistos