Sem categoria

Médio do At. Madrid paga salários a equipa da quarta divisão espanhola


Numa altura em que o futebol atravessa um grave período de incerteza, as principais notícias falam nos grandes clubes que estão a ser obrigados a cortar os salários dos seus jogadores, mas a verdade é que o maior drama reside normalmente nas formações de escalões inferiores. Tanto em relação aos clubes, que ficam sem ter meio de pagar as suas contas, como também de jogadores, que correm o risco sério de ver esta curta mas essencial fonte de rendimento fechar-se.

Para impedir essa situação, Thomas Partey decidiu dar o exemplo e, juntamente com os outros três acionistas do clube, avançou para o pagamento da totalidade dos salários de todos os funcionários e jogadores do Alcobendas Sport, um emblema da quarta divisão do futebol espanhol que se via ameaçado pela aplicação do já bastante falado ERTE. Ao todo serão salvos os salários de mais de 30 trabalhadores, algo que terá certamente sido uma das melhores notícias para estes funcionários neste período de crise.

Um gesto que foi elogiado pelos elementos do grupo num comunicado conjunto. “Os quatro donos do clube transmitiram-nos a confiança e tranquilidade pelo trabalho bem feito, cumprindo sem nenhum tipo de condição os nossos contratos e mostrando-nos que quando as coisas saem bem todos saem reforçados. Nós enquanto plantel, por ter segurança, e eles como clube, por darem uma imagem de seriedade e compromisso ante um bonito projeto”, referiu o plantel no tal comunicado.

Fonte: Record

Adiciona um comentário

Segue-nos no Facebook