“Fomos roubados”, diz presidente da Roma

James Pallota indignado após jogo no Dragão

James Pallota, presidente da Roma, está indignado com o afastamento do emblema italiano da Liga dos Campeões e não poupa nas palavras.

O líder romano destaca um lance onde um jogador seu caiu na área na sequência de uma disputa de bola com Moussa Marega, já depois do golo de Alex Telles, marcado de grande penalidade, no prolongamento.

“O ano passado exigimos VAR na Liga dos Campeões porque nos fomos prejudicados nas meias-finais e nesta noite havia VAR e mesmo assim fomos roubados”, salientou o dirigente, mencionando o tal lance de que se queixa.

“O Patrick Schick foi claramente derrubado na área, o VAR mostrou isso mesmo, e nada foi assinalado. Estou farto desta.. Desisto”, disse nas declarações reproduzidas no Twitter oficial da Roma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Segue-nos no Facebook