Bruno de Carvalho suspeito de corrupção no processo Cashball

Suspeitas em jogos da Liga portuguesa

Bruno de Carvalho é suspeito de corrupção no processo Cashball, que começou por investigar alegadas irregularidades no andebol português mas que agora chega ao futebol. De acordo com o Jornal de Notícias, o antigo presidente dos leões é suspeito de corrupção de resultados desportivos em vários jogos da Liga portuguesa.

Segundo conta aquele diário, na sua edição desta segunda-feira, Bruno de Carvalho é suspeito de ter um esquema de aliciamento de jogadores e árbitros para alteração dos resultados desportivos.

O Jornal de Notícias explica que Bruno de Carvalho foi denunciado por Paulo Silva, o homem que se terá mostrado arrependido de pertencer a este alegado esquema e terá feito chegar provas às autoridades judiciais.

O ex-presidente do Sporting é descrito como o “cérebro” do esquema que foi revelado por Paulo Silva, há cerca de um ano, quando se deslocou ao DIAP do Porto para entregar mensagens da rede social WhatsApp e supostos envelopes com o emblema do Sporting.

O ex-presidente do Sporting é descrito como o “cérebro” do esquema que foi revelado por Paulo Silva, há cerca de um ano, quando se deslocou ao DIAP do Porto para entregar mensagens da rede social WhatsApp e supostos envelopes com o emblema do Sporting.

Bruno de Carvalho aguarda o julgamento no âmbito do processo do ataque à academia de Alcochete. O ex-presidente verde e branco chegou a estar detido preventivamente nas instalações da GNR até ser presente a um juiz de instrução, que o colocou com termo de identidade e residência. 

Entre os jogos investigados estão duelos contra o Vitória de Guimarães, Feirense e Desportivo de Chaves.

Fonte: Bancada.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Segue-nos no Facebook