SC Braga SL Benfica

Abel: “Um dia vejo uma coisa, no outro dia é diferente. Por favor, desliguem o VAR”


No final do jogo com o Sporting, que ditou a eliminação do Braga da Taça da Liga, Abel Ferreira mostrou-se muito crítico do VAR.

Jogo: “O positivo foi o que temos feito sempre. Jogar para vencer, contra quem for, onde for. Fizemos isso na primeira parte e foi muito mais equilibrado. Fizemos um golo e depois procuramos equilibrar o jogo com um bloco médio. O adversário faz um golo em bola parada e bem conseguido. Entrámos fortes na segunda parte, se o objetivo é o golo, nós fizemos o 2-1. Continuámos a jogar, metemos uma bola na trave e fizemos uma segunda parte muito boa. O Braga tentou resolver o jogo nos 90 minutos”.

Lance do possível golo: “Eu nem sei o que dizer. Temos de perceber o porquê de o futebol português estar mau. Tenho a certeza de que, como treinador, tenho muito mais que melhorar, mas o árbitro, com todo o respeito e toda a educação… Se eu não ganhar os jogos, o Presidente despede-me! Eu não vou dizer o que o meu coração sente. Vou usar a sabedoria dos sábios. Vou deixar que as pessoas olhem, que as pessoas avaliem. Que o futebol português tenha coragem de mudar o que está mal. É muito triste chegar ali, ao balneário, com aqueles homens, sim porque eles são homens, de família, que querem melhores contratos,… Comparem os lances, vejam os lances. Tirem o VAR, por favor. Um dia eu vejo uma coisa, no outro dia vejo outra coisa diferente. Por favor, desliguem o VAR. Deixem os árbitros errar à vontade, deixem-me errar à vontade, deixem os jogadores errar à vontade. E outra coisa! Não metam linhas na televisão! Isso confunde quem está a ver. Se nós não temos linhas, o VAR não tem linhas,… Não as metam na televisão. As pessoas que mandam no futebol que se juntem na mesma mesa e procurem valorizar o espetáculo, os jogadores e, acima de tudo, credibilizar o futebol”.

Fonte: O Jogo

Segue-nos no Facebook

Mais vistos